Santo Paradoxo

Este blog é destinado a todas as pessoas que procuram se informar, atualizar, se divertir, discutir assuntos, ensinar algo de útil,ou não!

Se você pudesse pedir qualquer coisa antes do seu show, o que pediria? Confira abaixo algumas das melhores ou mais loucas exigências feitas por artistas do rock e metal.

1) Gorgoroth - 50 cabeças de ovelhas, 200 metros de barbante, 1 carpinteiro, papel higiênico rosa extra macio.

2) IGGY POP - uma faca afiada, chá de pólvora chinês, um jornal de língua inglesa, um monitor que fale inglês e não tenha medo da morte, um imitador do Bob Hope, 7 anões, 6 garrafas de cerveja boa da região, 2 garrafas de Bordeaux (vinho).

3) Marilyn Manson - ar-condicionado sempre no máximo, balinhas de goma da Haribo, Doritos, absinto, uma prostituta careca e sem dentes.

4) GUNS N' ROSES - cigarros Dunhill, Marlboro, Camel, revistas adultas (Playboy, Penthouse).

5) Sammy Hagar - vodka Absolut, Jack Daniels, Bacardi Anjeo, tequila Premium, 6 limões, 4 copinhos, aipo (cortado e não descascado).

6) MOTLEY CRUE - maionese Kraft, mostarda Grey Poupon Dijon, manteiga de amendoim Skippy Creamy, uma jiboia de 12 metros de comprimento, uma sub-metralhadora, horários marcados nos AA da região.

7) Korn - advogado, médico, dentista.

8) POISON - Um intérprete para os fãs surdos.

9) THE BLOODHOUND GANG - um macaco.

10) THE DARKNESS - absinto, suco de frutas.

11) FOO FIGHTERS - queijo fedorento.

12) Kiss - um suprimento de bonecas infláveis do Kiss.

13) HIM - bíblias.

14) ROLLINS BAND - 2 caixas grandes de cereal, 2 litros de leite e 2 litros de leite de soja, café escuro torrado italiano, 12 barrinhas de proteína.

15) Van Halen - uma bacia de M&Ms sem nenhum de cor marrom.

16) TAKING BACK SUNDAY - um poster do Michael Jackson da era pré-Dangerous.

17) Bon Jovi - 2 esfregões, 2 baldes, 2 vassouras, 2 rodos grandes.

18) Led Zeppelin - Ferro de passar, tábua de passar.

19) LIMP BISKIT - lâmpadas fluorescentes.

20) DEF LEPPARD - suco de frutas, biscoitos de trigo, ameixas muito muito pequenas.

21) NICKELBACK - passar a tarde jogando golfe.

22) Motorhead - ovos de chocolate Kinder Egg.

Fonte desta matéria (em inglês): Metal Hammer

01 Nunca admita que você é emo, por que os emos que admitem ser emos são considerados posers de emo, que é pior que ser emo (se é que existe coisa pior).
02 Sempre reclame do sistema e nunca faça nada pra ele melhorar, apenas reclame.
03 Mesmo estando feliz, se mostre triste para todo mundo ficar com pena de você.
04 Não olhe ninguém nos olhos, dê uma de cachorro com fome.
05 Chore por uma mosca ter pousado no seu ombro
06 Pinte o cabelo de cores estranhas.
07 Pague pau, um emo sem pagar pau não é emo.
08 Se perguntarem se você é emo, diga que é HC, essa é a desculpa de todos emos.
09 Corra atrás dos mais populares, na esperança de você virar um deles.
10 Tire fotos com poses descontraídas, fotos sem sentido, e em preto e branco.As coloridas são tiradas pelos posers de emo.
11 Beijar pessoas do mesmo sexo é fundamental e sadio.
12 Faça tudo para aparecer ou para os outros notarem sua presença. (isso inclui auto humilhação e choro)
13 Se você for do sexo feminino, ponha algo do tipo no seu profile do Orkut: Não sou produto, não to a venda, não me rotule, não me use, não me empreste, etc...
14 Se faça de coitado(a) e diga todos seus defeitos e problemas no seu profile.
15 Tire fotos com a boca torta e cara de pensativo.
16 Nas festas vá a caráter emo e dance reggae e funk. (não ligue pro que os outros vão dizer)
17 Use maquiagem exagerada seja homem ou mulher.
18 Se você for menina, chame a sua melhor amiga de marida.
19 Use Franjas gigantes, cortes de cabelo emo e se ache com eles.
20 Faça um escândalo por qualquer coisa.
21 Se revolte com tudo que você não gosta e chore
22 No MSN dê risadas estranhas e loucas e use gírias próprias,
23 Você sempre é a vítima.
24 Chegamos ao numero do emo

Essa eh pra vc corujinha   =D

A




ACELERAÇÃO: Do lat. acceleratione



Fís. Variação da velocidade de um móvel na unidade de tempo; derivada, em relação ao tempo, da velocidade de um móvel; derivada segunda, em relação ao tempo, do espaço percorrido por um móvel.





Aceleração angular.

Variação da velocidade angular na unidade de tempo; derivada, em relação ao tempo, da velocidade angular de um móvel.



Aceleração centrífuga

Aceleração de um móvel sujeito a uma força inercial centrífuga.



Aceleração centrípeta

Componente do vetor aceleração cujo suporte é o raio vetor, e que está dirigido para o centro de curvatura da trajetória.



Aceleração da gravidade

Aceleração de um corpo sujeito à atração gravitacional da Terra; aceleração de um corpo em queda livre na Terra [símb. usual: g].



Aceleração de Coriolis

Aceleração de um móvel que se move retilineamente em relação a um sistema de referência, medida em um segundo sistema de referência que tem uma aceleração angular em relação ao primeiro; aceleração causada em um móvel por uma força de Coriolis.



Aceleração instantânea

O limite da aceleração média quando o intervalo de tempo tende para zero; a derivada, em relação ao tempo, do vector velocidade. [Tb. se diz apenas aceleração.]



Aceleração média

Cociente da variação de velocidade de um móvel num intervalo finito de tempo por esse intervalo.



Aceleração negativa

A exercida sobre o corpo humano em que a força de inércia resultante atua no sentido dos pés para a cabeça.



Aceleração normal da gravidade

Aceleração de um móvel igual a 9,80665m/s-2.



Aceleração positiva

A exercida sobre o corpo humano em que a força de inércia resultante atua no sentido da cabeça para os pés.



Aceleração radial

Componente da aceleração de um móvel, cujo suporte é o raio vector do movimento.



Aceleração tangencial

Componente da aceleração de um móvel, cujo suporte é a tangente à trajetória.



Aceleração transversa

A exercida sobre o corpo humano em que a força de inércia resultante atua perpendicularmente ao eixo maior do corpo humano.

PARADOXO DE OLBERS:


O Paradoxo de Olbers: O enigma da escuridão da noite

Uma das constatações mais simples que podemos fazer é que o céu é escuro, à noite. É estranho que esse fato, sobre o qual ninguém em sã consciência colocará qualquer dúvida, e que à primeira vista parece tão compreensível para qualquer pessoa, tenha dado tanto o que pensar durante tanto tempo.





Imagem obtida pelo Telescópio Espacial Hubble mantendo a câmara aberta por 10 dias em uma região aparentemente sem estrelas do céu.

Aparentemente a primeira pessoa que reconheceu as implicações cosmológicas da escuridão noturna foi Johannes Kepler (1571-1630), em 1610. Kepler rejeitava veementemente a idéia de um universo infinito recoberto de estrelas, que nessa época estava ganhando vários adeptos principalmente depois da comprovação por Galileu Galilei de que a Via Láctea era composta de uma miríade de estrelas, e usou o fato de que o céu é escuro à noite como argumento para provar que o universo era finito, como que encerrado por uma parede cósmica escura.



A questão foi retomada por Edmund Halley (1656-1742) no século XVIII e pelo médico e astrônomo Heinrich Wilhelm Mattäus Olbers (1758-1840) em 1826, quando passou a ser conhecida como paradoxo de Olbers. Olbers também descobriu os dois asteróides (planetas menores) Palas (1802) e Vesta (1807).



O problema é o seguinte: suponha que as estrelas estejam distribuídas de maneira uniforme em um espaço infinito. Para um observador em qualquer lugar, o volume de uma esfera com centro nele aumentará com o quadrado do raio dessa esfera (dV = 4R2 dr). Portanto, à medida que ele olha mais longe, vê um número de estrelas que cresce com o quadrado da distância. Como resultado, sua linha de visada sempre interceptará uma estrela seja lá qual for a direção que ele olhe.



Uma analogia simples de fazer é com uma floresta de árvores. Se estou no meio da floresta, a meu redor vejo as árvores bem espaçadas entre si, mas quanto mais longe olho, mais diminui o espaçamento entre as árvores de forma que no limite da minha linha de visada as árvores estão todas juntas e nada posso ver além delas.







Como o brilho das estrelas cai com o quadrado da distância (demonstrado por Johannes Kepler em seu Optica em 1604), enquanto o número de estrelas aumenta com o quadrado da distância, o céu em média deveria ser tão brilhante quanto a superfície de uma estrela média, pois estaria completamente coberto delas.



Mas obviamente não é isso que vemos e, portanto, o raciocínio está errado. Por que?

Algumas propostas de solução:



1. A poeira interestelar absorve a luz das estrelas.



Foi a solução proposta por Olbers, mas tem um problema. Com o passar do tempo, à medida que fosse absorvendo radiação, a poeira entraria em equilíbrio térmico com as estrelas, e passaria a brilhar tanto quanto elas. Não ajuda na solução.



2. A expansão do universo degrada a energia, de forma que a luz de objetos muito distantes chega muito desviada para o vermelho e portanto muito fraca.



O desvio para o vermelho ajuda na solução, pois o desvio é proporcional ao raio do Universo, mas os cálculos





mostram que a degradação da energia pela expansão do universo não é suficiente para resolver o paradoxo.

3. O universo não existiu por todo o sempre.



Essa é a solução atualmente aceita para o paradoxo. Como o universo tem uma idade finita, e a luz tem uma velocidade finita, a luz das estrelas mais distantes ainda não teve tempo de chegar até nós. Portanto, o universo que enxergamos é limitado no espaço, por ser finito no tempo. A escuridão da noite é uma prova de que o universo teve um início.



Usando-se a separação média entre as estrelas de 1 parsec, e o raio médio como o raio do Sol, de 700 000 km, obtém-se que o céu seria tão luminoso quanto a superfície do Sol se o Universo tivesse um raio de 2 ×1015 parsecs, equivalente a 6,6 ×1015 anos-luz. Como o Universo só tem 13,7 bilhões de anos, a idade finita do Universo é a principal explicação ao Paradoxo de Olbers.




Você perdoaria aquele amigo mentiroso se alguém lhe revelasse que cientificamente nem todo mundo é naturalmente honesto? Ou ainda que algumas pessoas se esforçam mais do que as outras para dizer a verdade? Pois se prepare: um estudo feito por Joshua Greene e Joseph Paxton, da Universidade de Harvard, acaba de comprovar exatamente isso.


Questionando se a honestidade era uma decisão consciente ou natural, Greene e Paxton, investigaram as questões morais por trás do tema. Segundo artigo publicado na Seed Magazine, o estudo Patterns of neural activity associated with honest and dishonest moral decisions (em português, Padrões de atividade cerebral associados a decisões morais de honestidade e desonestidade) divulgado recentemente na Proceedings of the National Academy of Sciences monitorou a atividade cerebral de alguns voluntários quando eles tomam a decisão de mentir.

Uma moeda foi quem ajudou a explicar tudo: isso porque a pesquisa foi realizado a partir da previsão dos voluntários de como uma moeda cairia ao ser jogada para o ar. A dupla procurou motivá-los oferecendo pagamento para previsões corretas. Buscando comparar a atitude de cada indivíduo, os pesquisadores realizaram testes em que eles pediram aos voluntários para revelar as suas previsões antes do sorteio. Os cientistas usaram a estatística e avaliaram os resultados: os desonestos foram identificados como aqueles que adivinharam o resultado do sortero mais vezes que a chance prevista.


O que Greene e Paxton descobriram é que a honestidade é um processo automático, mas apenas para algumas pessoas. Ao avaliar os resultados dos testes, os cientistas constataram que existem indivíduos honestos e mentirosos: para indivíduos honestos, decidir ser honesto não demanda uma atividade cerebral extra. Mas para outros, do grupo desonesto, tanto a decisão de mentir quanto a de decidir falar a verdade demanda uma atividade extra nas áreas do cérebro associadas com o pensamento crítico e auto-controle.



O resultado mostra que a honestidade é automática para apenas algumas pessoas e ainda revela que muitas das nossas ações diárias não estão sob nosso controle consciente.

Pesquisadores da Universidade de Carnegie Mellon criaram um site que calcula - de acordo com as suas respostas - o dia em que você parte dessa para melhor. Eles usam dados fornecidos por você e se baseiam em fatores como sexo, idade e localização geográfica para fazer a medição.

Como as informações que formam a base de pesquisa do site foram fornecidas pelos Estados Unidos e Europa, a galera aqui de baixo do Equador ainda não pode brincar de prever a morte. Mas fica a dica. vai que alguém fica com vontade de replicar a ferramenta.

É bem conhecido pela ciência que o gás cianídrico (HCN) tem cheiro de amêndoas amargas. Mas como isto foi descoberto?! Já que o gás é extremamente tóxico! Bem... nós temos a resposta. Vidas foram gentilmente cedidas por voluntários...

Voluntário 1:

- Tem cheiro de....de.. aaaarghhhhaa

Voluntário 2:

- Não sei... uuughhaarghhh

Voluntário 3:

- Amêndoas... aaaamaamaagghhraggaaaa

Voluntário 4:

- Amargaas... amaaargaaahaghhrgggraah.

1. Se o cientista tenta explicar as coisas com base na ciência
conhecida, está sendo dogmático.

2. Se admite que não consegue explicá-las com base na ciência
conhecida, está sendo preguiçoso.

3. Se tenta mostrar que a ciência atual pode explicar a maioria das
coisas, está sendo arrogante.

4. Se tenta explicar o que sabe de maneira a ser entendido, está sendo
paternalista.

5. Se nega frontalmente os testemunhos como provas, está sendo
agressivo.

6. Se escuta pacientemente as pessoas, está sendo fraco.

7. Se usa a ciência para combater os argumentos dos outros, está sendo
chauvinista.

8. Se usa a lógica para combater os argumentos dos outros, está sendo
falacioso.

9. Se mostra que que certos fenomenos têm explicações banais, está sendo
sarcástico.

10. Se tenta enquadrar as coisas numa perspectiva geral, está fugindo
ao tema.

11. Se tenta explicar as coisas uma por uma, está sendo reducionista.

12. Se tenta explorar vários raciocínios possíveis, é incoerente.

13. Se se mantém sempre firme no seu raciocínio, é fanático.

Onde publicar seu trabalho

1) Se você entende e pode provar, envie para uma publicação de matemática.

2) Se você entende mas não pode provar, envie para uma publicação de física.

3) Se você não entende mas pode provar, envie para uma publicação de economia.

4) Se você não entende e não consegue provar, envie para ma publicação de psicologia.

5) Se tenta transformar algo trivial em algo importante, envie para uma publicação de educação.

6) Se tenta transformar algo importante em algo trivial, envie para uma publicação de metafísica.



Fonte: http://www.psych.upenn.edu/humor.html

Teoria é quando se sabe tudo, e nada funciona. Prática e quando tudo funciona e ninguém sabe porque.
Neste recinto, conjugam-se a teoria e a prática: Nada funciona e ninguém sabe porque...
(fonte: jlemos@brasilnet.net (Jorge Luis Lemos))

----

Na teoria, não há diferença entre a teoria e a prática, mas na prática há muita diferença.

----

Se acontece, deve ser possível.

----

Toda regra tem exceção.
Isto é uma regra.
Logo, deveria ter exceção.
Portanto, nem toda regra tem exceção.

----

Os experimentos devem ser reprodutíveis, mesmo que ofereçam resultados errados.

----

Primeiro trace o gráfico e somente depois adquira os dados.

----

Se você não puder convencer, confunda.

----

Se um experimento não der certo, destrua todas as evidências de que você tentou.

----

Você nunca deve repetir um experimento que deu certo.

----

Alguns meses de trabalhos no laboratório podem salvá-lo de algumas semanas de pesquisas na biblioteca.

----

Sempre existe algum modo de se traçar um gráfico para resultar em uma reta.

----

Nota do referee*:
Este artigo possui muitas coisas novas e certas. Mas infelizmente o que está certo não é novo, e o que é novo não está certo.
*referee é uma pessoa ou equipe de pessoas encarregada(s) de analisar artigos submetidos à publicação em revistas (científicas).

----

Os quatro estágios da aceitação:
- isto é TOTALMENTE se sentido!
- isto é interessante, mas depende do referêncial.
- é verdade, mas sem importância.
- eu SEMPRE disse isso!
(fonte: offordj@aa.wl.com (Jim Offord))

----

Certa vez em um laboratório o monitor viu uma aluna pipetando uma solução com o auxílio da boca, e prontamente disse, "Não se deve pipetar NADA com a boca!".
Percebendo o olhar incrédulo da aluna ele disse, "Ué!? Nunca viu alguém se afogar?!"
(Esta história é verdadeira!)

----

O peru (glu,glu) tem centenas de experimentos positivos provando que o ser humano foi criado para prover o seu conforto, dar comida, água, etc. No dia seguinte haverá um único experimento com resultado negativo: o facão mostrará que as hipótes anteriores estavam furadas e o peru irá para a mesa...
(fonte: lista de discussão SBCR)


ouça suas músicas no letras.com.br

Para entender as diferentes vertentes do Metal e do Rock, vamos imaginar uma situação e seus respectivos desfechos na abordagem de cada estilo.


O material abaixo foi adaptado a partir de um texto que circula em várias versões na internet. Aparentemente este material foi sendo construído aos poucos com sugestões de várias pessoas, não havendo apenas um autor para o texto (caso estejamos errados, nos informe e publicaremos o crédito ao autor com todo prazer). Correções, sugestões e acréscimos a este texto são bem vindas através da nossa página de contatos (o link está no menu, na barra superior do site). Vale lembrar que o texto aqui apresentado é apenas humorístico e não deve ser levado a sério.

Imagem"No alto do castelo, há uma linda princesa - muito carente - que foi ali trancada, e é guardada por um grande e terrível dragão"...
HEAVY METAL:
O protagonista chega no castelo numa Harley Davidson, mata o dragão, enche a cara de cerveja com a princesa e depois transa com ela. Posteriormente se separam quando ela descobre que ele transou com uma groupie.
METAL MELÓDICO:
O protagonista chega no castelo num cavalo alado branco, escapa do dragão, salva a princesa, fogem para longe e fazem amor.
THRASH METAL:
O protagonista chega no castelo, duela com o dragão, salva a princesa e transa com ela.
POWER METAL:
O protagonista chega brandindo sua espada e trava uma batalha gloriosa contra o dragão. O dragão sucumbe enquanto ele permanece em pé, banhado pelo sangue de seu inimigo, sinal de seu triunfo. Resgata a princesa. Esgota a paciência dela com auto-elogios e transa com ela.
ImagemFOLK METAL:
O protagonista chega acompanhado de vários amigos e duendes tocando acordeon, alaúde, viola e outros instrumentos estranhos. Fazem o dragão dormir depois de tanto dançar, e vão embora, sem a princesa, pois a floresta está cheia de ninfas, elfas e fadas.
VIKING METAL:
O protagonista chega em um navio, mata o dragão com um machado, assa e come. Estupra a princesa, pilha o castelo e toca fogo em tudo antes de ir embora.
DEATH METAL:
O protagonista chega, mata o dragão, transa com a princesa, mata a princesa e vai embora.
BLACK METAL:
Chega de madrugada, dentro da neblina. Mata o dragão e empala em frente ao castelo. Sodomiza a princesa, a corta com uma faca e bebe o seu sangue em um ritual até matá-la. Depois descobre que ela não era mais virgem e a empala junto com o dragão.
ImagemGORE:
Chega, mata o dragão. Sobe no castelo, transa com a princesa e a mata. Depois transa com ela de novo. Queima o corpo da princesa e transa com ele de novo.
SPLATTER:
Chega, mata o dragão, abre-o com um bisturi. Sodomiza a princesa com as tripas do dragão. Abre buracos nela com o bisturi e estupra cada um dos buracos. Tira os globos oculares da princesa e estupra as órbitas. Depois mata a princesa, faz uma autópsia, tira fotos, e lança um album cuja capa é uma das fotos.
DOOM METAL:
Chega no castelo, olha o tamanho do dragão, fica deprimido e se mata. O dragão come o cadáver do protagonista e depois come a princesa.
WHITE METAL:
ImagemChega no castelo, exorciza o dragão, converte a princesa e usa o castelo para sediar mais uma "Igreja Universal do Reino de Deus".
NEW METAL:
Chega no castelo se achando o bonzão e dizendo o quanto é bom de briga. Quer provar para todos que também é foda e é capaz de salvar a princesa. Acha que é capaz de vencer o dragão; perde feio e leva o maior cacete. O protagonista New Metal toma um prozak e vai gravar um disco "The Best Of".
GRUNGE:Chega drogado, escapa do dragão e encontra a princesa. Conta para ela sobre a sua infância triste. A princesa dá um soco na cara dele e vai procurar o protagonista Heavy Metal. O protagonista grunge sofre uma ove
ROCK N'ROLL CLÁSSICO:
Chega de moto fumando um baseado e oferece para o dragão, que logo fica seu amigo. Depois acampa com a princesa numa parte mais afastada do jardim e depois de muito sexo, drogas e rock n roll, tem uma overdose de LSD e morre sufocado no próprio vômito.
PUNK ROCK:
Cospe no dragão, joga uma pedra nele e depois foge. Pixa o muro do castelo com um "A" de anarquia. Faz um moicano na princesa e depois abre uma barraquinha de fanzines no saguão do castelo.
rdose de heroína.
Imagem
EMOCORE:
Chega ao castelo e conta ao dragão o quanto gosta da princesa. O dragão fica com pena e o deixa passar. Após entrar no castelo ele descobre que a princesa fugiu com o protagonista Heavy Metal. Escreve uma música de letra emotiva contando como foi abandonado pela sua amada e como o mundo é injusto.
PROGRESSIVO:
Chega, toca um solo virtuoso de guitarra de 26 minutos. O dragão se mata de tanto tédio. Chega até a princesa e toca outro solo que explora todas as técnicas de atonalismo em compassos ternários compostos aprendidas no último ano de conservatório. A princesa foge e vai procurar o protagonista Heavy Metal.
HARD ROCK:
ImagemChega em um conversível vermelho, com duas loiras peitudas e tomando Jack Daniel's. Mata o dragão com uma faca e faz uma orgia com a princesa e as loiras.
HARD ROCK (2):
Sobe no castelo e mata o dragão jogando uma TV lá de cima pela janela. (Por Paulo Henrique)
HARDCORE
Chega de skate, organiza um protesto em frente ao castelo contra a ditadura dos dragões. Sobe na torre, transa com a princesa e grava um álbum com 25 faixas de 2 minutos cada descendo o pau no governo.
HARDCORE (2)
O protagonista Hardcore chega bangueando, coloca o dragão na roda, o enche de chutes e o derruba no fosso. Sobe todo o castelo, e dá um mosh da torre mais alta. (Por Aislan e Junior Zordan)
GLAM ROCK:
ImagemChega no castelo. O dragão rí tanto quando o vê que o deixa passar. Ele entra no castelo, rouba o hair dresser e o batom da princesa. Depois a convence a pintar o castelo de rosa e a fazer luzes nos cabelos.
GOTHIC METAL
Chega no castelo e monta uma banda com a princesa e o dragão fazendo vocais líricos e guturais respectivamente.
INDIE ROCK:
Entra pelos fundos do castelo. O dragão fica com pena de bater em um nerd franzino de óculos e deixa ele passar. A princesa não aguenta ouvir ele falando de moda e cinema, e foge com o protagonista Heavy Metal.
NEW WAVE
Ao chegar no castelo mata o dragão e doa toda a sua carne às familias pobres da África. (Por Sergio G. Welter)

Imagem
Imagem

Stan Lee acha compra da Marvel positiva




Stan Lee, responsável pela co-criação da maioria dos personagens de peso da Marvel ao lado de Jack Kirby e Steve Ditko, afirmou em entrevista ao site Newsrama que o negócio com a Disney foi "extremamente benéfica para ambos os lados".
Ele ainda afirmou que "ninguém sabe produzir ou vender franquias de entretenimento como a Disney, e ninguém possui um rol de personagens que rendem excelentes franquias como a Marvel."
Lee, que hoje toca uma empresa de criação de conteúdo, a POW! entertainment, está desenvolvendo produtos para a Disney e tem um acordo que dá ao conglomerado preferência na comercialização de outras criações. Só depois que a Disney rejeita um produto, é que a POW! pode negóciá-lo com terceiros.
O relacionamento de Stan Lee com a Marvel foi encerrado de forma ríspida em 2005, quando ele processou a Marvel para receber sua parte nos direitos autorais dos filmes feitos com seus personagens. Estima-se que a Marvel pagou a Lee US$ 10 milhões para encerrar a disputa.
A Disney e a Marvel já tinham um sólido relacionamento comercial. O canal Disney XD já transmite o desenho animado "Wolverine e os X-Men", além de outras produções da Marvel.
No site da CNN, uma análise da compra afirma que quando negócios dessa magnitude acontecem, é um forte sinal de que a economia começa a se recuperar.
O fato é que a Marvel só começou a fazer dinheiro fora dos quadrinhos quando buscou parcerias. Entre as décadas de 1980 e 1990, a empresa tentou se aventurar a fazer seus próprios games e filmes, e os resultados foram invariavelmente desastrosos. Só com parcerias com Capcom e Activision ela conseguiu games que faziam justiça aos personagens. No cinema, essa virada só aconteceu com o lançamento de "O Homen-Aranha", em parceria com grandes estúdios, que iniciou um ciclo virtuoso da Marvel no cinema, que perdura até hoje, com "Homem de Ferro" e "Hulk" faturando alto nas bilheterias.

Bienal vai ter twitter e floresta de livros com árvores falantes

Evento terá ainda palco com leituras de Marília Pêra e Tony Ramos.
Ao todo, serão mais de 120 escritores e 84 apresentações infantis.

  Foto: Divulgação

Entre as novidades, a interativa Floresta de Livros

Uma floresta de livros, com árvores falantes que têm copa de letras, palco para leitura de clássicos feita por atores como Marília Pêra, Lázaro Ramos, Matheus Nachtergaele e Malu Mader, e cobertura via twitter são algumas das novidades da XIV Bienal do Livro do Rio, que acontece entre os dias 10 e 20 de setembro, no Riocentro.

Sem reflexo da crise econômica, a Bienal apostou 30% a mais do orçamento de sua programação cultural, com R$ 1,7 milhão em investimentos. Ao todo, serão mais de cem autores brasileiros e 18 internacionais. Entre eles, 12 americanos, na edição que homenageia os Estados Unidos e espera 600 mil pessoas.
Floresta de livros
Com 800 m², a floresta de livros é o maior espaço da Bienal e teve um investimento de cerca de R$ 500 mil. A novidade comporta até 600 crianças de uma só vez.

“A presença das crianças é muito intensa na Bienal (cerca de 200 mil) e a floresta vai ser um espaço lúdico-narrativo do livro vivo, como se eles saltassem das prateleiras. São todas atrações interativas”, explica o curador João Alegria.

A interação tem uma instalação multi-sensorial com árvores falantes que narram trechos de livros. Suas copas são feitas de letras que formam diferentes palavras dependendo do ângulo de visão.

Ainda na floresta, um livro mágico tem páginas que podem ser manuseadas virtualmente, uma sala secreta de leitura, com direito a palco e microfone para os pequenos e, no final do circuito, uma clareira, com oito apresentações infantis diárias.
Tony Ramos e Marília Pêra
No palco do Livro em Cena, os atores Marília Pêra, Tony Ramos, Renata Sorrah, Mariana Ximenes, Paulo Betti, Giulia Gam, Lázaro Ramos, Matheus Nachtergaele e Malu Mader vão ler obras de Machado de Assis, Jorge Amado, Graciliano Ramos e Clarice Lispector, Lima Barreto, entre outros.

“Se faz muita leitura de poesia, mas de prosa, se faz muito pouco. É leitura em voz alta mesmo, não é uma leitura dramatizada. Não é teatro, mas livro lido em voz alta”, conta o ator e curador do espaço Paulo José.
Mulheres e Café Literário
Mulher e Ponto é o terceiro novo espaço do evento. No formato de um lounge, a mulherada vai tratar de comportamento e filosofia e de relações afetivas em 15 sessões. Uma delas com a participação da atriz Cissa Guimarães.

No tradicional Café Literário, 36 sessões para 200 pessoas reúnem autores e personalidades em torno de um mesmo tema. O polêmico jornalista americano Larry Rohter falará com o brasileiro Roberto Da Matta sobre “Ficções e realidades nas visões de Brasil e EUA”.
 

Kim e Robert Kiyosaki estão entre os convidados (Foto: Divulgação)

Convidados internacionais
Na lista de convidados internacionais estão os americanos David Wroblewski, sucesso com “A História de Edgar Sawtelle, Steven Jay Schneider, autor de “1001 Livros Para Ver Antes de Morrer”, Meg Cabot, Arthur Phillips, Eli Gottlieb, Dash Shaw, David Grann, Chris Bohjalian, Thrity Umrigar e Larry Rohter, além de Robert e Kim Kiyosaki, autores de “Pai Rico, Pai Pobre”.

Virão ainda o português Miguel Sousa Tavares, os britânicos Adrew Kenn e Bernard Cornwell, o israelense David Grossman, o irlandês Joseph O’Neill e o australiano Tim Winton.
Internet e exposição
Além do site oficial, a Bienal terá um twitter, com dicas, microcontos, promoções-relâmpago e divulgação de novidades e atrações. Andando pela feira, formadores vão abastecer os veículos com informações a partir de celulares 3G.

A festa terá ainda uma exposição em homenagem a um dos principais editores do país: “José Olympio – Um Editor e Sua Casa”. “Ele participou do melhor da produção literária no século 20 e foi um dos inovadores da indústria editorial brasileira”, define Roberto Feith, vice-presidente do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL).

Radiohead pode testemunhar a favor do download de MP3

Processo da RIAA contra usuário poderá ter depoimento da banda inglesa.
Associação de gravadoras quer US$ 1 milhão por downloads ilegais.

Foto: Daigo Oliva / G1



 

O Radiohead em seu show em São Paulo.

Segundo o site “TorrentFreak”, o Radiohead pode testemunhar a favor de Joel Tanenbaum, um estudante de Boston, nos EUA, que está sendo processado pela RIAA (Record Industry Association of America – Associação Americana da Indústria Fonográfica) por ter baixado ilegalmente músicas na internet em 2003.

O site diz que a RIAA entrou na justiça contra Tanenbaum e ofereceu um acordo no valor de US$ 500 como compensação pelas músicas que havia supostamente baixado. Após a recusa do estudante, o caso chegou à corte.

Charles Nesson, advogado de Tanenbaum e professor na Universidade de Harvard, diz ter entrado em contato com o empresário da banda, que “pareceu concordar” em ter a banda participando do caso.

Segundo o jornal “The Harvard Crimson”, se perder o caso, o estudante pode ser obrigado a arcar com uma conta no valor de até US$ 1 milhão. “O sistema de copyright atual está ultrapassado”, disse Nesson, “As ações da RIAA são uma velharia legal no nosso mundo digital”.

Em 2007, o Radiohead lançou seu último álbum na internet, em um sistema onde o fã pagava o quanto quisesse pelo download do disco. A versão física de "In rainbows" ficou em primeiro lugar em lugares como França, EUA e Reino Unido.

Vocalista do Radiohead compõe música para o filme ‘Lua nova’

Thom Yorke terá canção na trilha da sequência de 'Crepúsculo'.
Diretor do longa confirmou informação em entrevista na Comic-Con.

Thom Yorke, do Radiohead, durante show no Grammy

Thom Yorke, vocalista da banda inglesa Radioehad, escreveu uma música para o filme “Lua nova”, sequência de “Crepúsculo”, com o ator Rob Pattinson no elenco.

O diretor do longa, Chris Weitz, confirmou a participação de Yorke na trilha sonora em uma entrevista durante a Comic-Con, em San Diego.

Segundo Weitz, ele ouviria a canção de Yorke pela primeira vez neste sábado (25).

“Só não vou usá-la no filme se a música soar como Thom Yorke arrotando”, afirmou o diretor ao “HitFix.com”.

Outro artista que provavelmente terá uma música no longa é o cantor e compositor indie Bon Iver.

A previsão de lançamento de “Lua nova” é dia 20 de novembro.

Cantor do Radiohead vai lançar duas músicas inéditas

'FeelingPulledApartbyHorses' e 'The hollow Earth' saem dia 21 de setembro.
Produção é de Nigel Godrich; guitarrista Johnny Greenwood participa.




Thom Yorke, líder do Radiohead, confirmou nesta quinta-feira (3) o lançamento de duas músicas inéditas. Ele escreveu no blog oficial da banda inglesa que uma edição limitada em vinil de 12 polegadas com os singles “FeelingPulledApartbyHorses” e “The hollow Earth” vai sair no dia 21 de setembro. As duas músicas foram produzidas por Nigel Godrich, antigo colaborador do quinteto.


O vinil inclui um download digital grátis das duas músicas, que também estarão disponíveis para venda por download em torno do dia 6 de outubro, de acordo com o comunicado.


Segundo fontes da "Billboard", Yorke cogita alguns shows-solo antes do final do ano para divulgar o lançamento, possivelmente seu primeiro com outra banda que não o Radiohead, mas os detalhes não foram confirmados. Em 2006 o músico lançou o disco-solo "The eraser".


O anúncio do material chega em um momento de atividade renovada para a banda. No dia 17 de agosto, o Radiohead lançou uma nova música, "These are my twisted words", para download grátis em seu site. No dia 5 do mesmo mês, disponibilizou a faixa digital "Harry Patch (In memory of)", que arrecadou fundos para a Legião Britânica, entidade que apoia as forças armadas e seus veteranos.


Em seu post no site, o multiinstrumentista Thom Yorke explicou que apesar de estar lançando as canções em seu nome, ele contou com a co-autoria e a participação na gravação do guitarrista Johnny Greenwood em “FeelingPulledApartbyHorses”.

Yorke descreveu a faixa como “uma reedição radical de uma velha melodia que estava rolando desde 2001”.


O Radiohead não tem contrato com nenhuma gravadora, e lançou seu último álbum, "In rainbows", em 2007 pelo seu próprio site, dando aos fãs a possibilidade de pagar o quanto quisessem pelos arquivos MP3 e mais tarde lançando o disco por pequenas gravadoras nos EUA e na Grã-Bretanha.

Há quem diga que as crianças, por causa de sua ingenuidade, são capazes das maiores crueldades. E o cinema tem carimbado essa tese com exemplos como Damien, de "A profecia". Poderíamos também imaginar o que faria o bebê de Rosemary quando desse seus primeiros passos. Agora chega mais uma criança "adorável" para aumentar a lista de representantes do mal: Esther, a protagonista do terror "A órfã", que estreia na sexta-feira (4) no Brasil.



Esther é uma garotinha sem ninguém no mundo que cai nas graças de Kate (Vera Farmiga, de "Os infiltrados"), uma ex-alcoólatra cujo terceiro filho nasceu morto e, por isso, decide adotar uma criança. Os problemas em casa não são poucos. O marido, John (Peter Sarsgaard, de "Fatal"), é meio desligado e ela se culpa pelo problema de audição de sua filha Max (Aryana Engineer), causado por um acidente.

Tentando dar um novo fôlego para a família, Kate encontra Esther num orfanato. A diretora da instituição mal consegue esconder sua surpresa e alívio pela adoção da criança (Isabelle Fuhrman). Por que será?



No início, a garota é educada, gentil e muito dedicada. Sua fala tem um leve sotaque, mas nada que atrapalhe sua compreensão. Sempre com roupas recatadas e uma Bíblia debaixo do braço, a menina sabe que é diferente e vive falando isso. Mas Kate, como mãe dedicada que é, explica para a nova filha que não há nenhum problema em não ser igual aos outros.



Mal sabe ela o que está para acontecer em sua casa. Esther fica amiga de sua nova irmã, mas é hostilizada pelo primogênito, Daniel (Jimmy Bennett). Em relação aos pais, ela tem atitudes estranhas e sempre aparece na hora em que eles estão tendo alguma intimidade.



Se isso é por acaso ou proposital, só mais tarde iremos descobrir. A verdade é que "A órfã", que começa de forma quase humorística, se torna bastante violento. Esther é capaz de muitas crueldades.



Kate passa a ser a única a desconfiar que Esther é má. Tudo terá uma explicação, em seu devido tempo, mas não peça plausibilidade. O efeito buscado aqui é mais a surpresa do que a veracidade.



Nos Estados Unidos, o filme causou polêmica, fazendo com que instituições especializadas temessem uma diminuição no número de casais que procuram orfanatos em busca de adoção. Uma frase ("Deve ser difícil amar uma criança adotiva mais do que seus verdadeiros filhos"), em especial, teve repercussão negativa e acabou sendo removida do trailer do filme.

Em muitas entrevistas, Vanusa comentou ocorrido, para que ela cantasse o Hino Nacional alterado, chegando até a errar a letra, durante encontro em São Paulo. De acordo com a cantora, ela tomou medicações por conta própria, pois tem problemas de labirintite e desconhecia os efeitos colaterais dos remédios que tomou.
Segundo Vanusa, sua participação só foi confirmada um dia antes, por isso, ela pediu que a organização do evento mandasse a letra do Hino Nacional, mas eles não enviaram.

Para resolver essa situação constrangedora , Vanusa tentou decorar a letra inteira do hino um dia antes. Mas o principal problema, segundo a cantora, não foi de memória e sim, de caráter emocional. "Como qualquer pessoa normal, eu tenho problemas emocionais, tenho problemas em casa. Eu fiquei um pouco triste também por ter brigado com o meu filho Rafael, mas foi uma discussãozinha, nada grave. Eu tenho problema de labirintite muito sério. Eu sei da responsabilidade de cantar o hino nacional e sei da responsabilidade de cantar na Assembléia", disse ela.

Como surgiram rumores de que estava sob efeito de drogas, Vanusa logo começou a se defender, dizendo que é uma artista de princípios e que chegou até a fazer uma música contra as drogas.

Galera Você que curte animes, pode entrar e postar o que você tem sobre esse fantástico mundo oriental, que está sendo conquistado pelos ocidentais, principalmente aqui no Brasil.

A nova Gripe Infuenza A H1N1 (Gripe Suína), foi a causa de 657 mortes no Brasil.
O Ministério da Saúde informou nesta quarta-feira dia 2 que desde 25 de abril até 29 de agosto houve no Brasil 7.569 casos graves de qualquer tipo de gripe, sendo 6.592 (87,1%) de gripe suína. Com 657 mortes, o Brasil continua campeão mundial em número absoluto de óbitos causados pelo vírus H1N1, à frente de EUA (556), Argentina (465), México (193) e Austrália (155).
Entre 15 países com o maior número de óbitos, o Brasil tem a 6ª taxa de mortalidade, calculada em relação à população: 0,34 óbito por 100 mil habitantes. Superam o Brasil nesse quesito Argentina (1,15), Chile, Costa Rica, Austrália e Paraguai. Mas a mortalidade aqui é pior do que no Peru, Equador, Malásia, Canadá, Tailândia, Estados Unidos, México, Reino Unido e Índia, este último com a menor taxa de mortalidade (0,08 óbito por 100 mil habitantes).
O país contabiliza 2.933 casos graves (38,7% do total) de nova gripe em mulheres em idade fértil (15 a 49 anos). Desse total, 620, ou 21%, estavam grávidas. Entre as gestantes, 63 morreram – pouco mais de 10%.

A boa notícia é que o número de casos graves de nova gripe caiu por três semanas seguidas: de 1.165 na semana de 9 a 15 de agosto para 639 na semana seguinte e 151 na última semana avaliada (23 a 29 de agosto).

O ministério considera que está confirmada a tendência de queda na circulação do novo vírus e na ocorrência de casos graves. Por isso, a posição oficial do governo sobre a epidemia será dada, agora, só de 15 em 15 dias. Até hoje, era semanal.

Hoje a tarde, por conta de uma palmeira que caíu na rede elétrica, Goiânia ficou às escuras por cerca de 3 horas. Isto implicou em desconforto, e caos no trânsito, pois os semáforos ficaraminoperantes. até mesmo uma solenidade que estava acontecendo no Tribunal de Justiça de Goiânia foi prejudicado. Em um dos maiores shoppings da capital, as lojas fecharam as portas e os clientes só puderam passear pelos corredores, sem pode comprar. De acordo com informações da Celg, o apagão foi provocado por uma palmeira, que atingiu a rede elétrica em um trecho entre duas importantes estações. Segundo a direção da empresa, como havia risco de curto circuito, o sistema se desligou automaticamente como medida de segurança.

Confira lista com dez prisões bizarras que aconteceram em 2009

Em abril, britânica foi presa por gritar muito durante o sexo.
Em março, prostituta foi detida ao exigir sexo com três homens.

Do G1, em São Paulo

Tamanho da letra

* A-
* A+


Alguns dos protagonistas das prisões bizarras.

Confira abaixo lista com dez prisões bizarras que aconteceram nos oito primeiros meses de 2009.



Entre os casos inusitados, um bode foi preso na Nigéria após seguranças alegarem que um bandido que estava em fuga havia se transformado no animal. Já outro invadiu um sex shop para manter relações sexuais com bonecas infláveis.


Alguns dos protagonistas das prisões bizarras. (Foto: Reprodução)
Alguns dos protagonistas das prisões bizarras. (Foto: Reprodução)


Alguns dos protagonistas das prisões bizarras. (Foto: Reprodução)
Alguns dos protagonistas das prisões bizarras. (Foto: Reprodução)




O norte-americano Jeffery Polizzi, de 24 anos, foi preso em maio depois de colocar uma câmera digital em um sapato para fotografar mulheres enquanto elas experimentavam roupas em uma loja em Neptune Beach, na Flórida (EUA). Em janeiro, a polícia nigeriana prendeu um bode após seguranças alegarem que um bandido que estava em fuga havia se transformado no animal depois de tentar roubar um carro Mazda, segundo a emissora britânica "Sky News".
Reprodução /Reprodução


Em março, o australiano Adam Troy Rosberg, de 24 anos, foi condenado a 15 meses de condicional por invadir sex shops, na cidade de Cairns, para fazer sexo com bonecas infláveis, segundo o jornal "The Cairns Post". O norte-americano George J. Bartusek Jr foi preso em fevereiro após ser flagrado fazendo sexo com bonecas infláveis em um estacionamento lotado de uma loja em Cape Coral, no estado da Flórida (EUA).



A prostituta Nicole Mary Scarpone, de 26 anos, foi presa em março em Gastonia, na Carolina do Norte (EUA), após invadir um apartamento e exigir que três homens pagassem US$ 10 para ter relações sexuais com ela. Em abril, a britânica Caroline Cartwright, 47, desobedeceu uma ordem de comportamento antisocial da Justiça (Asbo, na sigla em inglês) e foi presa por gritar muito durante o sexo, segundo o jornal inglês “The Sun”.



Os americanos Danica Wallace, de 24 anos, e Jeremy Welch, de 29, foram presos em maio em London, no estado de Ohio (EUA), após serem flagrados fazendo sexo enquanto duas crianças estavam no banco de trás do carro. No mês de julho, o norte-americano Jordan Puckett foi preso em Cincinnati, no estado de Ohio (EUA), acusado de ter desenhado um pênis gigante na tela de uma TV de plasma, segundo a emissora "WCPO".



A norte-americana Constance Trahan, de 28 anos, foi presa em julho pela polícia de Lawrenceville, no estado da Geórgia (EUA), acusada de operar ilegalmente um clube de striptease na garagem e porão de sua casa. O norte-americano Danny Brawner, de 46 anos, foi preso em agosto em Albuquerque, no estado do Novo México (EUA), após ser flagrado em cima de seu carro fazendo movimentos de cunho sexual, segundo reportagem da TV "KRQE".

Estava certo dia Joãozinho brincando com Maria. ele olhou para Maria e Disse: Maria posso por o meu dedo no seu umbigo?
Pode sim, disse Maria inocentemente.
Depois de uns instantes, Maria disse á Joãozinho: Esse não é meu umbigo, e disse Joãozinho a Maria: E esse não é meu dedo!!!!!!!!!!!!

Hoje em dia, muitas pessoas leigas em informática não sabem qual configuração se adapta melhor ao seu dinheiro disponível, visando o custo x benefício das peças, etc. Com isso irei postar algumas configurações e seus devidos preços, e é claro, pra que área ela é destinada:

Configuração básica para quem curte somente entrar na internet, utilizar métodos de conversação online, assistir um DVD no PC ou gravar o mesmo, utilizar programas leves tipo os de escritório (Word, Excel, etc), rodar alguns games mais leves (os mais antigos) etc.

Somente a CPU, até R$ 1000,00:

Configuração AMD:

Processador: AMD Athlon X2 7750+ 2700Mhz - R$ 180,00
Placa Mãe: Asus M3A78-EM (acompanha som, video e rede integrados) - R$ 260,00
Memória Ram: 1 pente de 2Gb 800Mhz DDR2 (preferencia da marca Kingston) - R$ 80,00
Hard Disk: 320GB Sata-II (marcas Samsung, Seagate, Maxtor, etc) - R$ 170,00
Gravador de DVD/CD: 22X DVD e 52X CD Sata (marcas Samsung, LG ou Sony) - R$ 80,00
Kit: Gabinete, Mouse, Teclado e Fonte (marcas VCOM, Wisecase, etc) - R$ 120,00

TOTAL: R$ 890,00 (preços baseados em lojas da internet)

Comentários: Processador com 2 núcleos de processamento trabalhando internamente a 2700Mhz (2.7Ghz) e que possuí barramento dedicado chamado Hypertransport (HTT), tem um ótimo desempenho em qualquer tipo de tarefa desejada; Placa Mãe da asus, realmente muito boa, que tem 100% de capacitores sólidos, possuí um dos melhores videos onboard, que é capaz de rodar até games pesados de hoje em dia, possuí também um aúdio realmente ótimo, com 8 canais, e sua rede também é ótima, possuindo as velocidades 10/100/1000 Mbps; O hard disk, prefiro deixar mais a vontade do comprador, pelo tamanho de espaço que ele utilizará!

Configuração Intel:

Processador: Intel Pentium Dual Core E5200 2500Mhz - R$ 210,00
Placa Mãe: Asus P5KPL-AM - R$ 210,00
Memória Ram: 1 pente de 2Gb 800Mhz DDR2 (preferencia da marca Kingston) - R$ 80,00
Hard Disk: 320GB Sata-II (marcas Samsung, Seagate, Maxtor, etc) - R$ 170,00
Gravador de DVD/CD: 22X DVD e 52X CD Sata (marcas Samsung, LG ou Sony) - R$ 80,00
Kit: Gabinete, Mouse, Teclado e Fonte (marcas VCOM, Wisecase, etc) - R$ 120,00

TOTAL: R$ 870,00 (preços baseados em lojas da internet)

Comentários: Processador com 2 núcleos de processamento trabalhando internamente a 2500Mhz (2.5Ghz), possuí FSB de 800Mhz, seu desempenho é melhor do que o da AMD citado acima; Placa mãe da Asus, muito boa, único problema é seu video onboard, que no caso é mais fraco que o da placa mãe do AMD. Analizando o custo x benefício, ficaria melhor a configuração da AMD, únicos problemas seriam, que ele consome mais energia e o processador é menos eficiente, mas tenha certeza que se o seu desejo é rodar games, o da AMD será melhor.

...

Fica ai duas dicas, para quem quer economizar o seu dinheiro em um computador, e ao mesmo tempo ter um desempenho realmente satisfatório.]

Breve mais tópicos sobre o assunto.

Criado por Gustavo Rigobelo.

Não basta apenas saber tocar em modo frígio para montar uma banda de metal progressivo. Descubra nesta matéria tudo o que você precisa fazer para ser um “true” fã de metal progressivo. Traduzido e adaptado do texto “101 rules of Progressive Metal” da www.metalstorm.ee para português.

1. Insista que sua definição de prog metal é sagrada, e que as únicas bandas progressivas são as que você aponta como tal.
2. Acuse qualquer um que discorde de você em relação à regra 1 de falta de inteligência musical e de não ser um “true” fã de prog.
3. Tenha desprezo por músicas mainstream.
4. Insista que a maioria das pessoas não escuta a música, nem as letras, somente os refrões, e que por causa disso, prog metal não é mainstream.
5. Acuse qualquer um que discorde de você em relação à regra 4 de falta de inteligência musical e de não ser um “true” fã de prog.
6. Quando apresentar uma nova banda de prog metal a um amigo não músico, escolha a música mais tecnicamente difícil, e pule direto para a parte do solo.
7. Se seu amigo diz que é legal, diga que ele pegou a grandeza do prog e mostrou que sua inteligência é superior ao do rebanho mainstream.
8. Caso contrario, acuse-o de falta de inteligência musical e de não ser um “true” fã de prog.
9. Recuse qualquer contato com amigos que se encaixem na regra 8. Pureza racial não é tão ruim assim.
10. Certifique-se que seu baterista tenha um pedal duplo.
11. Caso contrário, chute-o fora e arranje um que tenha. Pedal simples NÃO é prog.
12. Possua cada projeto paralelo em que um integrante do Dream Theater esteja envolvido. Não escute nenhum deles regularmente.
13. Quando um babaca mainstream perguntar a você o que é prog metal, diga algo como “prog é a evolução da expressão musical e experimentalismo no rock”. Em qualquer das circunstancias, tenha certeza que a pessoa em questão não tenha entendido nada do que é prog metal. Ele não entenderia de qualquer forma…
14. Insista que a música sempre deve progredir, embora sempre que você escrever um álbum na veia prog, você não necessariamente precise fazer o mesmo.
15. Acuse qualquer um que discorde com você em relação à regra 14 de falta de inteligência musical e de não ser um “true” fã de prog.
16. Refira-se ao metal progressivo como música inteligente para pessoas inteligentes, de preferência em cada ocasião em que um grupo ou gênero mainstream seja mencionado.
17. Note que a regra acima não se qualifica como arrogância mais do que quando se aponta que vinho é bebida para os mais sofisticados.
18. Uma música abaixo de 4 minutos NÃO é prog. Se você estiver preso com uma música abaixo de 4 minutos, insira um solo frigio entre o guitarrista e tecladista sempre que seja necessário.
19. Se um babaca mainstream lhe disser que debulhadores são babacas sem cérebro, diga que "ao menos eles podem afinar suas guitarras”, e vá embora em tom de desafio.
20. Spocks Beard NÃO é prog. Se alguém discordar, mate-o.
21. Humming ao longo de melodias para uma música de prog metal é proibido. Queime todos os álbuns que você tenha com humming nas melodias.
22. Deteste toda música que você costumava gostar antes de entrar para o prog. Quando te perguntarem o porquê, diga “Estou curtindo BOA música agora, porque voltaria atrás?”.
23. Acuse qualquer músico de prog metal que corte o cabelo de se vender.
24. Mantenha claro que você não escuta somente prog. Jazz é uma boa alternativa.
25. Claro...como se você tivesse mais de 3 CDs de jazz em sua coleção...
26. Nunca aceite NENHUM graduado de Berklee em sua banda. Os expulsos são bem melhores.
27. Riffs em 4/4 não são progressivos. Se acontecer de você criar um riff bacana em 4/4, alterne-o entre 4/4 e a marcação característica de prog como 7/8 e qualquer outra medida para assegurar a complexidade musical sinônima de progressividade metálica.
28. Seja capaz de mencionar 20 bandas que ninguém tenha ouvido falar, nem mesmo “true” fãs de prog. Mesmo que não possua nenhum lançamento destas bandas.
29. Arranje uma Ibanez. Isto não é negociável.
30. Gaste 5 horas por dia criticando outros músicos em fóruns.
31. Gaste 5 minutos do resto do dia realmente praticando seu instrumento.
32. Grite com as pessoas que façam batem cabeça em shows: eles não são prog o suficiente para pegar a música, o que eles poderiam esperar?
33. Quarta sustenida é sua amiga. Para se assegurar que seu álbum seja um lançamento progressivo “true”, inclua ao menos uma parte em que o teclado toque acorde crescente em quarta sustenida, em uma única nota com ritmo quebrado em 7/8.
34. Certifique-se que o nome da sua banda seja tanto um:
a) Oximoro:
-Silent Noise
-Tender Harshness
-Healing Gun
b) Algum nome de som estranho arrancado de um livro obscuro.
-Deitronus
-Tarakoch
-Fentaran
c) Combinação aleatória de ao menos 2 palavras com 3 sílabas.
-Eternal Twilight Tranquility (nada é mais progressivo do que isto)
-Redolent Arithmetic
-Evolution of Vernacular Domesticated
35. Não se preocupe se o nome de sua banda faz sentido ou não. Como 90% de sua base de fãs são do Brasil e Japão, você pode ignorar gramática inglesa convencional com segurança e, em vez disso, se concentrar no que realmente importa: as letras (veja regra 36).
36.Escreva letras profundas e ambíguas.
37. Se você não for capaz de escrever letras profundas e ambíguas, inclua ao menos uma das frases a seguir para assegurar reconhecimento como gênio lírico em círculos prog:
"I`m staring towards ascension divine, caught in my own revelation, a nightly mystery of soulburning apparition"
"Mornings` gentle caress, a ray of sunlight enveloping the spirit of the sleeper ventriloquist"
"A timid, palatable genocide, turn towards the decline of mankind, the festering wound of ages past changes into the soul-spirit of vestigial sentences."
38. Use um instrumento não convencional como violino ou saxofone, não importando o quanto idiossincrásico possa parecer. Isto é ser prog.
39. Assegure-se que seu baixista tenha quantas cordas for possível. Não se preocupe se ele usa aproximadamente 3 das 11 cordas de seu baixo Carvin de 30 kg, simplesmente dê a ele um solo de baixo no meio da sua melodia instrumental obrigatória (mais cedo do que tarde), onde ele realmente possa mostrar a extensão de suas capacidades instrumentais. Imagine o alcance das escalas em um instrumento como esse!
40. Lance um álbum ao vivo entitulado "Live in Tokyo".
41. Mude as marcações de tempo. Constantemente.
42. Acuse qualquer um que não o faça, de falta de inteligência musical e de não ser um “true” fã de prog.
43. Seu amplificador PRECISA ser um Mesa Boogie. Se um amigo seu tentar convencer-lhe que está errado e que deveria ver seu Marshall, diga que a melodia dele é fraca e zunidora.
44. Afirme que Metallica não pode arrancar sons apropriados de seus Boogie. Eles são tão... unprog!
45. Inicie uma banda cover do Dream Theater com amigos que recém estejam começando a tocar instrumentos. Gaste metade dos ensaios falando mal de bandas punks e como as pessoas não entendem suas músicas.
46. Toque uma versão ruim de um som dificílimo do DT em concursos de bandas no estilo Covernation. Metropolis Part 1 ou Dance of Eternity são ambas boas escolhas, assim como Erotomania.
47. Quando sua banda ficar em último, jogue toda a culpa no júri; eles não tem idéia do que significa boa música! Por que outra razão eles deixariam bandinhas pop chatas ganharem?
48. Falando em começar a tocar um instrumento; sempre comece com a música mais tecnicamente difícil que você conheça. Lembre-se, este é um testemunho ao seu imenso talento, então se assegure de mencionar isto em toda comunidade na internet que você freqüente.
49. Quando você seja capaz de tocar algo em meio-tom bem superficialmente, mencione orgulhosamente que você “cravou” o som em questão.
50. Pessoas serão tentadas a pedir por uma gravação da façanha mencionada na regra 49. No entanto, você não é capaz de providenciar isto porque a) seu equipamento de gravação foi dissolvido por ácido digestivo no dia anterior, b) você não precisa provar nada para ninguém. Sua palavra deve bastar c) Você não entende nada de computadores (mesmo que você passe a maior parte do dia sentando na frente de um deles), do mesmo modo que você passa a maior parte do dia praticando seu instrumento.
51. Tool NÃO é prog. Se qualquer um insistir que eles são, mate-o.
52. Deteste Falling into Infinity. Se vier algum sentimento durante um lapso de concentração de que você atualmente goste de FII (mesmo as músicas mais "proggier" tais como TOT) lembre-se que DT se vendeu.
53. Na verdade, afirme que DT se vendeu a cada oportunidade que surgir, isto significa toda a hora que o nome for mencionado.
54. Não seja John Arch. Insista que qualquer pre-Alder Fates é 100% não prog.
55. Não se mova nos palcos. Em nenhuma das circunstâncias, se esqueça de que ninguém em show de prog presta atenção no público, incluindo a banda.
56. As melhores músicas são aquelas que duram cerca de 15 minutos, sejam divididas em múltiplas seções com vários nomes, e possuam solos de todos na banda, INCLUINDO o baterista.
57. Acuse qualquer um que discordar de você de falta de inteligência musi… É, você já pegou, certo?
58. Nunca, em qualquer circunstâncias, diga que o Six Degrees Of Inner Turbulence, do Dreamtheater, detonou.
59. Nunca deixem que digam que Dave Weckl é melhor do que qualquer outro baterista de prog metal. Se eles insistirem, não os mate, melhor ponha o solo de bateria de Mike Portnoy do "Live in Tokyo" de 1993, que até hoje é o marco de boa bateria, INDEPENDENTE do gênero.
60. Ainda seria uma boa idéia estar com a arma pronta, afinal de contas.
61. Bateristas: Kits imensos são OBRIGATORIOS!!!! Se tudo o que você tiver for um de 4 peças com 3 pratos porcaria, então você não pertence ao palco. Um kit de bumbo de 5 peças é o mínimo do mínimo necessário. Se você possuir um kit pequeno, COMPRE MAIS PRATOS E TAMBORES!!!!!!!
62. Não, 6 tons não são o suficiente, MAIS PRATOS E TAMBORES!!!!
63. Reuna-se com velhos integrantes e lancem um álbum com a intenção de compensar os anos de má aceitação pelos fãs (veja Yes) ou proclamar que seu próximo álbum será um retorno a glória passada (veja Queensryche). Se falhar, culpe os produtores ou a gravadora.
64. Quando alguém lhe perguntar porque prog metal não é tão popular se é tão bom, diga a ele que é porque “Está acima das cabeças de pessoas mainstream”.
65. Talento = Habilidade técnica. Hail a qualquer banda com solos ultra-rápidos por seu imenso talento.
66. Afirme publicamente que sua banda não é religiosa, e então, faça alusões religiosas e/ou espirituais nas letras.
67. De ênfase à sua mentalidade aberta. Declare que você gosta de todos os tipos de música, exceto tipos inferiores tais como pop, rock `n roll, blues, techno, trance, rap.
68. Acuse os fãs dos gêneros mencionados acima, de não terem mente aberta.
69. Arranje um Kurzweil. Já que o inigualável <<>>, Jordan Rudess o toca, você não tem escolha à não ser arranjar um para você, não importando o tipo de sintetizador que você prefira. TODOS SE AJOELHEM AO PODEROSO 88 TECLAS <<>> KURZWEIL!!!
70. TODA A GLÓRIA PARA O HYPNO-KURZWEIL!!!! (Fãs de Futuruma irão saber do que isto se trata)
71. Exiba-se com seu equipamento. Exiba-se com sua habilidade para tocar/cantar. Exiba-se com seu *aham* comprimento. Exiba-se com sua namorada. Exiba-se com qualquer coisa que você possa imaginar. Exiba-se até com seu CACHORRO, pelo amor de Deus.
72. Caso você não tenha um cachorro, arrume um.
73. Toque “air-drums” ou “air-guitar” durante os shows. Isto irá certificar que outros fãs de prog reconheçam seu imenso talento.
74. Sem mais idéias para escrever músicas? Insira uma parte de uma única nota lenta com ritmo veloz onde o vocalista grite "ENTER THE SUUUNNNNNNNN" várias vezes.
75. Perceba que voce pode substituir "ENTER THE SUUUNNNNNNNNN" tanto para: "FATHER, MY ADOLESCENCY IS AGONNNNNYYYYYYY" ou "THE APPARITION DIVIIIIIINNNNEEEE". Qualquer uma das três opções são escolhas válidas.
76. Como assim, você não travou seu bumbo?
77. Lembre-se, velocidade=mais progressivo. Canções lentas não podem ser progressivas, melhor exemplo seria Pink Floyd.
78. Se alguém afirmar que PF são prog, gentilmente mencione a regra 1 enquanto você prepara para fazer um "Varg", por assim dizer.
79. Durante as gravações , acuse o produtor, o engenheiro de gravação, e metade da banda, que eles não estão tocando o som apropriadamente uma única vez sequer.
80. Assegure-se que a capa de seu álbum tenha uma imagem psicodélica feita por computador, um quadro exuberante com figuras mitológicas, ou que seja ilustrado por Travis Smith.
81. Escreva épicos.
82. Caso você não saiba, épicos devem ser sobre adolescência, envolvendo uma lenda, ou um conto profundo antiutópico onde uma cidade/mundo/pizzaria fictícia e decadente, sirva como uma metáfora para este mundo.
83. Possua bagageiro com vários equipamentos.
84. Tenha bagageiro sem equipamentos. Quem irá vê-los se você não mostrá-los?
85. Sem intro para sua música? Insira uma única nota com ritmo quebrado acentuado na caixa, com mudanças de acordes no teclado de fundo.
86. Recuse a emprestar CDs de prog para amigos mainstream. Quando perguntarem porquê, diga que ele/ela “irá entender quando amadurecer”.
87. Quando estiver tocando em QUALQUER turnê, do bar mais underground, até o mais gigantesco estádio, tenha certeza que nenhuma pessoa da platéia irá embora sem ter escutado cada batida que você seja capaz de tocar.
88. Tenha ao menos 5 spots de solo durante um show.
89. Caso você tenha se esquecido enquanto lia isto, prog metal é música inteligente para pessoas inteligentes.
90. Não, Marillion não e prog. Gentilmente recomendo que você veja a regra 20.
91. BOOOM!!!
92.Compre novos álbuns de mestres passados do prog.
93. Se eles forem apenas lixo e sem nenhuma comparação com álbuns antigos, dê uma martelada na sua cabeça até você começar a apreciá-los.
94. Afirme que não há bandas prog, somente DIFERENTES.
95. Claro que isto se aplica somente às bandas que você conheça. Veja regra 1.
96. Caso você queira saber, Dream Theater é, e sempre será o marco para o prog metal. Quanto mais algo soar como Images and Words, mais progressivo será.
97. Proclame a regra 96 às pessoas fazendo uma cara fechada demonstrando toda a seriedade.
98. Tenha projetos paralelos. Assegure-se que todos os projetos paralelos consistam em interferências sem objetivo algum sobre repetições incessantes de riffs clichês.
99. Certifique-se que ao menos um de seus projetos paralelos tenha Mike Portnoy na bateria.
100. Se você não conseguir Mike Portnoy, arranje alguém que soe como ele.
101. Quer dizer que você ficou lendo isto enquanto você poderia estar praticando algo ao longo de Metropolis Part II ou compondo um épico? Que vergonha!!!!

Enquanto bandas como The Killers e The Jonas Brothers são abertamente religiosas, há muitas outras que achincalham completamente, ou desprezam tudo o que a religião representa. O site Gigwise relembrou uma série de bandas e estrelas da música que denegriram, ridicularizaram ou marretaram a religião em entrevistas, músicas ou arte de álbuns. Alguns são ateístas, outros expressam alguma reprovação e, no outro extremo, há os grupos anti-religiosos que veementemente atacam a igreja, Deus e Jesus Cristo. Aviso: alguns exemplos são chocantes...

Gary Numan já criticou e mostrou antipatia à religião em seus álbums "Sacrifice", "Exile", "Pure" e "Jagged". Falando sobre as gravações, em 1994, de "Sacrifice", ele disse: "A primeira música que escrevi foi sobre os perigos da fé cega. Quando refleti sobre minha própria falta de fé, me surgiu a idéia de que Deus e o Diabo podem ser a mesma coisa." Ele acrescenta: "Pessoalmente, eu não acredito nem um pouco em Deus, mas se eu estiver errado e existir mesmo um Deus, que tipo de deus seria esse, que nos dá esse mundo em que vivemos? Certamente não pode ser uma divindade boa. Na melhor das hipóteses, Deus deve ser cruel e egoísta."


 Quando o clipe de Madonna para "Like A Prayer" foi lançado, em 1989, causou um escândalo imediato. Mostra crucifixos pegando fogo, Madonna com os estigmas de Cristo e o mais controverso, a cantora fornicando com uma estátua viva de Santo Martinho de Porres, que muitos afirmam ser um Jesus negro. O Vaticano e outros grupos cristãos repeliram a idéia, mas isso só aumentou o interesse pelo clipe e garantiu seu lugar na história do pop.




Em uma entrevista para o The Observer, em 2006, Elton John mostrou-se a favor de que a religião fosse "banida". Junto às farpas sobre o tratamento dado pela igreja à homossexualidade desabafou: "Do meu ponto de vista, eu baniria a religião completamente. A religião organizada parece não funcionar. Transforma as pessoas em lemmings cheios de ódio e não é misericordiosa." Também disse que líderes religiosos não estão fazendo o suficiente para parar a guerra, ainda dizendo que: "O mundo está quase rumando para a terceira guerra mundial, e aonde estão os líderes de cada religião? Porque não estão em assembléia? Porque não estão se unindo?" Podemos deduzir que o crucifixo que ele está usando na foto é um mero enfeite!


Outro que não se preocupa muito com controvérsia, Marilyn Manson (Brian Warner), em seu segundo álbum, "Antichrist Superstar", de 1996, deixou alguns religiosos tão revoltados que foram organizadas marchas de protesto contra o disco. O álbum conceitual está cheio de conteúdo anti-cristão, em faixas como "The Reflecting God" ("o Deus que pondera") e em letras pesadas: "When you are suffering, know that I have betrayed you" ("Quando você está sofrendo, saiba que eu o traí"). Anti-religião em toda a sua carreira, Manson chocou mais com o álbum "Holy Wood (In The Shadow Of The Valley Of Death)" ("Madeira Santa (da Cruz) [À Sombra do Vale da Morte]") em que se via o rockeiro passando por Jesus na cruz.



"Imagine there's no countries / It isn't hard to do / Nothing to kill or die for / And no religion too / Imagine all the people / Living life in peace" ("Imagine não haver países / Não é difícil / Nada pelo qual matar ou morrer / E nenhuma religião / Imagine as pessoas / vivendo a vida em paz"). Letras pungentes de uma das mais pungentes canções. "Imagine", de John Lennon. Mas a parte "nenhuma religião" tem sido criticada por grupos religiosos com o passar dos anos. Algumas covers da música trocaram as letras para "e uma religião também" para manter os tementes felizes, mas desrespeitando e minando o sentimento de Lennon no processo.


Apesar do nome, o Bad Religion afirma não ser totalmente ateísta. Na verdade, usam a religião como uma analogia a opressão. Greg Graffin comenta que: "Fé no seu parceiro, nos homens, em seus amigos, é muito importante... Mas fé em líderes religiosos ou políticos, ou mesmo em pessoas que sobem ao palco, pessoas famosas, você não deve ter fé nessa gente." Mesmo assim, a impactante letra “A bounty of suffering, It seems we all endure, And what I’m frightened of, Is that they call it 'God’s love'” ("Um prêmio de sofrimento, parece que todos carregamos, e o que me assusta, é que chamam isso de ‘amor divino’"), da música "God's Love", por exemplo, parece contradizer totalmente esse comentário.



Em uma entrevista para o Evening Standard, em 1966, John Lennon advertiu o jornalista Maureen Cleeve:"O cristianismo vai sumir. Vai desaparecer e encolher. Eu não sei o que vai primeiro, o rock n' roll ou o cristianismo... (Os Beatles são) mais populares que Jesus agora." Ninguém reparou nos comentários até que foram impressos na revista teen "Datebook". A reação teve proporções bíblicas. Álbuns dos Beatles foram queimados em público, rádios de circuitos cristãos baniram suas músicas e shows foram cancelados. No fim das contas, Lennon foi forçado a pedir desculpas em uma conferência para a imprensa.
Fonte desta matéria (em inglês): Gigwise.com


Paul McCartney está morto? Teria o Led Zeppelin penetrado uma fã com um tubarão? Ao longo do século passado, nerds da música, estudantes e retardados sociais com muito tempo disponível em suas mãos começaram a criar boatos e falações apoiados em evidências inconsistentes que estranhamente apareciam somente após esses caras terem fumado erva o suficiente para derrubar um elefante. No entanto estes gloriosos equívocos espalharam-se rapidamente, e enraizaram-se na história, sendo que serão ainda citados por um bom tempo.

The Dark Side of the Rainbow

O mito diz que o seminal album de 1973 do Pink Floyd, "The Dark Side of the Moon", sincroniza diretamente e perfeitamente como trilha sonora do filme "O Mágico de Oz" de 1939. Entusiastas da teoria defendem que existem cerca de 100 momentos de sinergia e interação entre o filme e a gravação. Apesar de a banda negar a teoria (o engenheiro de som chamou isso de "um monte de maluquice"), o mito é ainda forte nos dias de hoje.


Michael Jackson comprou o esqueleto do Homem Elefante

No ápice de sua popularidade no final dos anos oitenta, tablóides publicaram várias historias como a que ele dormia em uma câmara de oxigênio, dividia seu quarto com garotos e, a favorita, ele comprou os restos mortais do homem elefante. Uma grande história, a triste realidade é que seu esqueleto na verdade é propriedade de uma universidade em Londres.








Imagem   

Marilyn Manson ou Prince retiraram algumas costelas pra praticar sexo oral em si mesmos

Um hilário mito mais recente associado a dois artistas com egos gigantes. Na tentação de chuparem a si mesmos como Ron Jeremy, foi dito que essas duas estrelas da musica teriam removido duas costelas inferiores. Brilhantemente, Manson nunca negou o boato, observando numa entrevista: "Quem realmente teria tempo para matar cães quando você pode chupar seu próprio pênis?" Excelente argumento.

 

 Mama Cass morreu asfixiada por um sanduíche de presunto

O mito diz que a cantora de 32 anos do Mamas & Papas morreu depois que um sanduíche com o qual ela estava brincando em seu flat em Londres ficou preso em sua garganta em 1974. O médico legista não encontrou nenhuma evidencia de comida na traquéia de Cass, ao invés disso concluiu que ela havia morrido por insuficiência cardíaca causada por uma dieta não saudável e obesidade. Uma trágica realidade no entanto.
Imagem


Led Zeppelin penetrou um tubarão na vagina de uma groupie

Sim, você leu corretamente, os integrantes dp Zeppelin estavam aparentemente tão pervertidos naquele dia, que amarraram uma groupie em uma cama, e começaram a penetrar um pedaço de tubarão em suas regiões inferiores. Surpreendentemente há alguma verdade nisso. O peixe em questão era muito menor, e o perpetuador de tudo foi o empresário de turnês do Led Zeppelin Richard Cole.
Imagem

Robert Johnson vendeu sua alma ao demônio

A jovem lenda do blues acreditava ter se encontrado com Satanás às margens do Mississipi, onde vendeu sua alma em troca de impressionantes habilidades com o violão. Os criadores do mito sustentam essa teoria com base na faixa de Johnson de 1937 "Me and the Devil Blues". Na realidade Johnson se tornou uma lenda da guitarra em seus poucos 27 anos de vida, graças a uma boa prática e trabalho duro.
Imagem

Charles Manson participou de uma audição dos Monkees

É perfeitamente plausível que nos anos sessenta Manson andava pendurado às margens da cena musical de Los Angeles. Mas o mito vai além, dizendo que o líder cultural, assassino e psicopata participou de uma audição para fazer parte da banda que fazia uma certa parodia dos Beatles, Os Monkees, em 1965. Embora esta pudesse ser uma interessante nota de rodapé para a carreira dos Monkees, Manson esteva na prisão entre 1961 e 1967, portanto não há possibilidade de isso ter acontecido.
Imagem

Gene Simmons teve a língua transplantada de uma vaca

Aparentemente percebendo o enorme potencial de marketing em possuir uma enorme língua, a historia diz que a estrela do Kiss possui um pedaço de lingua de vaca preso à sua própria língua. Simmons possui uma língua invulgarmente grande, mas é um trabalho da mãe natureza, como ele descreve em sua autobiografia. Junte a isso que uma língua de vaca é grosseira, e não modelada como a de um humano, e você teria o ultimo prego no caixão.
Imagem

Stevie Nicks usava supositórios de cocaína

No ápice de seu vício, as vias nasais da estrela do Fletwood Mac estavam literalmente destruídas pela quantidade de cocaína que ela já havia cheirado. Isso é completamente verdade. Rumores no entanto, diziam que ela pedia aos seus amigos para soprarem cocaína através de seu traseiro, então ela poderia ficar chapada. Em uma entrevista para a Q Magazine em 2001, Nicks negou a história dizendo: "É um absurdo. Talvez (a historia) surgiu porque as pessoas sabiam que eu possuia um grande buraco em meu nariz. Eu amaldiçoo o dia em que eu usei cocaína pela primeira vez. Nada funciona realmente bem em minha mente agora."
Imagem

Elvis Presley e Jim Morrison estão vivos e bem

De acordo com algumas pessoas, dois dos maiores nomes da música ainda estão entre nós até hoje. Aparentemente Elvis quis sair do estrelato, e atualmente está se refrescando em uma ilha deserta em algum lugar. Enquanto isso acredita-se que outra pessoa está no lugar de Jim Morrison, em seu túmulo em Paris. Ambas as teorias são claramente bobagem, porém há ainda um grande número de avistamentos de ambos os grandes músicos do passado.

Imagem



Fonte desta matéria (em inglês): Gigwise.com

A revista Rolling Stone publicou em seu site uma lista com os 25 maiores rumores (boatos) da história do rock em todos os tempos. Leia abaixo a tradução da matéria.


"O fim de semana foi de incansável envio de sugestões para nossa lista dos melhores rumores no rock de todos os tempos. Combinamos as sugestões dos leitores (muito boas; agradecemos), adicionamos algumas nossas e estamos prontos para anunciar nossa lista oficial dos melhores rumores do rock, em todos os tempos. Confira!"

1. Paul McCartney está ou esteve morto.

2. O assistente de Steve Nick teve de assoprar cocaína pelo ânus de Steve porque suas vias nasais foram destruídas.

3. Mama Cass morreu depois de engasgar com um sanduíche de presunto.

4. Angie Bowie pegou seu marido na cama com Mick Jagger.

5. Mark David Chapman era um assassino programado pela CIA.

6. Membros do Led Zeppelin masturbaram uma goupie adolescente com um peixe/tubarão.

7. Jim Morrison foi morto por membros da administração Nixon / fingiu sua própria morte / morreu de um ataque cardíaco causado por masturbação em uma banheira parisiense.

8. Deborah Harry foi raptada pelo serial killer Ted Bundy.

9. Keith Moon jogou um carro dentro da piscina de um hotel Holiday Inn em seu aniversário de 21 anos, perdeu alguns dentes e conseguiu com que o The Who fosse banido para sempre de qualquer Holiday Inn.

10. Gene Simmons teve um enxerto de língua de vaca em sua própria língua após um acidente de carro.

11. Rod Stewart / Lil’ Kim / Jordan Knight tiveram de fazer lavagem estomacal depois de ingerir uma enorma quantidade de sêmem.

12. Durante uma batida em busca de drogas na casa de Mick Jagger, Marianne Faithfull foi encontrada com uma barra de chocolate entre as pernas.

13. Marilyn Manson teve removidas suas costelas inferiores para praticar sexo oral em si próprio.

14. Alice Cooper e Frank Zappa se insultaram, defecando no palco e comendo suas fezes.

15. Bob Marley foi assassinado / contraiu câncer no dedão graças à CIA.

16. A música “In the Air Tonight”, de Phil Collins foi escrita após Collins ter presenciado um horrível incidente em que um homem deixou que outro se afogasse.

17. Keith Richards fazia/faz regularmente uma tranfusão de todo o seu sangue.

18. Jack e Meg White são irmãos.

19. “Hotel California” é sobre uma igreja cristã que foi abandonada e tomada por adoradores de satã; os Eagles são adoradores de satã e satã aparece na janela na capa do álbum.

20. Bob Ezrin, que produziu "Berlin", do Lou Reed, conseguiu os angustiantes choros de crianças da música “The Kids”, contando aos seus próprios filhos que sua mãe tinha morrido.

21. O nome Pearl Jam foi escolhido em homenagem a uma geléia da avó de Eddie Vedder, que continha peyote em sua composição.

22. Charles Manson fez teste para o Monkees.

23. Marilyn Manson interpretou Paul Pfeiffer, o amigo de Kevin Arnold, no seriado "Anos Incríveis".

24. Robert Johnson vendeu sua alma ao demônio em troca de suas habilidades como guitarrista.

25. Roy Orbison era um albino e usava óculos escuros porque era cego.

(Aparentemente, a ode ao demônio em Stairway to Heaven e a carreira de formigas que o Ozzy cheirou não entraram na lista. Aliás, cadê o Ozzy nessa lista?)

O co-fundador do Oasis, Noel Gallagher, anunciou nesta sexta-feira dia 28 no site oficial da banda, que decidiu abandonar a banda após uma série de brigas com seu irmão Liam Gallagher.


Noel postou a seguinte mensagem:

"É com alguma tristeza e grande alívio que conto para vocês que eu saí do Oasis nesta noite. As pessoas vão escrever e dizer o que quiserem, mas eu simplesmente não poderia trabalhar com Liam por mais um dia sequer.

Minhas desculpas a todas as pessoas que compraram ingressos para os shows em Paris, Konstanz e Milão."

Fonte desta matéria: Oasis Official website

Sobre o Blog

O multiverso do conhecimento começa aqui. Com apenas um click, você romperá a fronteira da ignorância, falta de cultura, mau humor, desinformação, e viajará em um mundo onde ninguém antes esteve. Preparesse, pois depois de hoje sua vida não será a mesma.

Maior Torcida

Ocorreu um erro neste gadget

Pesquisar este blog

Videos em destaque

Loading...