Santo Paradoxo

Este blog é destinado a todas as pessoas que procuram se informar, atualizar, se divertir, discutir assuntos, ensinar algo de útil,ou não!

Bienal vai ter twitter e floresta de livros com árvores falantes

Evento terá ainda palco com leituras de Marília Pêra e Tony Ramos.
Ao todo, serão mais de 120 escritores e 84 apresentações infantis.

  Foto: Divulgação

Entre as novidades, a interativa Floresta de Livros

Uma floresta de livros, com árvores falantes que têm copa de letras, palco para leitura de clássicos feita por atores como Marília Pêra, Lázaro Ramos, Matheus Nachtergaele e Malu Mader, e cobertura via twitter são algumas das novidades da XIV Bienal do Livro do Rio, que acontece entre os dias 10 e 20 de setembro, no Riocentro.

Sem reflexo da crise econômica, a Bienal apostou 30% a mais do orçamento de sua programação cultural, com R$ 1,7 milhão em investimentos. Ao todo, serão mais de cem autores brasileiros e 18 internacionais. Entre eles, 12 americanos, na edição que homenageia os Estados Unidos e espera 600 mil pessoas.
Floresta de livros
Com 800 m², a floresta de livros é o maior espaço da Bienal e teve um investimento de cerca de R$ 500 mil. A novidade comporta até 600 crianças de uma só vez.

“A presença das crianças é muito intensa na Bienal (cerca de 200 mil) e a floresta vai ser um espaço lúdico-narrativo do livro vivo, como se eles saltassem das prateleiras. São todas atrações interativas”, explica o curador João Alegria.

A interação tem uma instalação multi-sensorial com árvores falantes que narram trechos de livros. Suas copas são feitas de letras que formam diferentes palavras dependendo do ângulo de visão.

Ainda na floresta, um livro mágico tem páginas que podem ser manuseadas virtualmente, uma sala secreta de leitura, com direito a palco e microfone para os pequenos e, no final do circuito, uma clareira, com oito apresentações infantis diárias.
Tony Ramos e Marília Pêra
No palco do Livro em Cena, os atores Marília Pêra, Tony Ramos, Renata Sorrah, Mariana Ximenes, Paulo Betti, Giulia Gam, Lázaro Ramos, Matheus Nachtergaele e Malu Mader vão ler obras de Machado de Assis, Jorge Amado, Graciliano Ramos e Clarice Lispector, Lima Barreto, entre outros.

“Se faz muita leitura de poesia, mas de prosa, se faz muito pouco. É leitura em voz alta mesmo, não é uma leitura dramatizada. Não é teatro, mas livro lido em voz alta”, conta o ator e curador do espaço Paulo José.
Mulheres e Café Literário
Mulher e Ponto é o terceiro novo espaço do evento. No formato de um lounge, a mulherada vai tratar de comportamento e filosofia e de relações afetivas em 15 sessões. Uma delas com a participação da atriz Cissa Guimarães.

No tradicional Café Literário, 36 sessões para 200 pessoas reúnem autores e personalidades em torno de um mesmo tema. O polêmico jornalista americano Larry Rohter falará com o brasileiro Roberto Da Matta sobre “Ficções e realidades nas visões de Brasil e EUA”.
 

Kim e Robert Kiyosaki estão entre os convidados (Foto: Divulgação)

Convidados internacionais
Na lista de convidados internacionais estão os americanos David Wroblewski, sucesso com “A História de Edgar Sawtelle, Steven Jay Schneider, autor de “1001 Livros Para Ver Antes de Morrer”, Meg Cabot, Arthur Phillips, Eli Gottlieb, Dash Shaw, David Grann, Chris Bohjalian, Thrity Umrigar e Larry Rohter, além de Robert e Kim Kiyosaki, autores de “Pai Rico, Pai Pobre”.

Virão ainda o português Miguel Sousa Tavares, os britânicos Adrew Kenn e Bernard Cornwell, o israelense David Grossman, o irlandês Joseph O’Neill e o australiano Tim Winton.
Internet e exposição
Além do site oficial, a Bienal terá um twitter, com dicas, microcontos, promoções-relâmpago e divulgação de novidades e atrações. Andando pela feira, formadores vão abastecer os veículos com informações a partir de celulares 3G.

A festa terá ainda uma exposição em homenagem a um dos principais editores do país: “José Olympio – Um Editor e Sua Casa”. “Ele participou do melhor da produção literária no século 20 e foi um dos inovadores da indústria editorial brasileira”, define Roberto Feith, vice-presidente do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL).

0 comentários:

Postar um comentário

Sobre o Blog

O multiverso do conhecimento começa aqui. Com apenas um click, você romperá a fronteira da ignorância, falta de cultura, mau humor, desinformação, e viajará em um mundo onde ninguém antes esteve. Preparesse, pois depois de hoje sua vida não será a mesma.

Maior Torcida

Ocorreu um erro neste gadget

Pesquisar este blog

Videos em destaque

Loading...